Notícias

SEGUNDO DIA DEBATE CONSERVAÇÃO AMBIENTAL E QUESTÃO MINERAL DA AMAZÔNIA

O segundo encontro do 3º Webinar IGVB – Brasil 2022: 200 Anos de Independência contou com a presença do pesquisador Evaristo de Miranda, Chefe Geral da Embrapa Territorial, e o jornalista e minerador José Altino Machado. Conforme definiu o mediador, o jornalista Alexandre Garcia, os dois deixaram desafios ao IGVB. Miranda sugeriu a criação do que ele chamou de “O Livro Branco do Verde”, enquanto Machado propôs um Centro de Estudos Nacionais. 

 

Miranda falou sobre a pequena agricultura que garante o abastecimento de frutas, legumes e hortaliças na Amazônia; ressaltou a necessidade da “soberania científica” na região e projetou crescimento da produção de soja em Rondônia e no Acre, com o advindo da ponte do Abunã. Miranda ainda sugeriu a criação de um relatório anual de dados de todas as áreas, um livro branco da Amazônia. “Se você quiser saber hoje a situação da Amazônia, só mesmo o General Villas Bôas e uma meia dúzia de outros nomes saberão”, avaliou.

 

José Altino fez questão de pontuar momentos históricos. “A gente tem que saber porque as coisas são assim”, resolveu. Ele falou sobre garimpo e o que traz às comunidades, lembrou que os primeiros garimpeiros foram os próprios homens enviados para exploração da borracha e esclareceu questões sobre a atividade e o ouro. O participante criticou a falta de uma unidade nacional no Brasil e sugeriu ao General Villas Bôas que centralizasse esforços na criação de um Centro de Estudos Nacionais. 

 

Perdeu a transmissão ao vivo? Assista hoje no canal do Instituto General Villas Bôas no Youtube. https://www.youtube.com/watch?v=Ys6b5YtKisg&t=1s 

 

Fotos: Cátia Spegiorin

Deixe uma resposta

×

Powered by WhatsApp Chat

×